Stoked for the Slopes

O verão secou o solo e é a melhor época para trekking nas montanhas. Embora o alpinismo possa parecer intimidante para alguns, essa ansiedade não deve impedi-lo de descobrir seu lado aventureiro e a magnífica beleza que está escondida nessas florestas.

Muitos estenderam seus limites e perseguiram as trilhas, mesmo aquelas com membros protéticos. No entanto, nunca venha despreparado. As trilhas e encostas precisam de uma mente atenta, um coração valente e um físico apto para aproveitar a jornada. Eles dizem que a experiência é o melhor professor, mas ensinar e se preparar antes da escalada pode tornar a experiência ainda melhor. Torne este verão inesquecível e fique animado pelas ladeiras.

Prepare sua mente
O medo de cair, animais selvagens, guerrilheiros ou qualquer outra forma de perigo devem ser eliminados. Acredite em mim; os becos escuros de concreto da cidade são ainda mais perigosos que as montanhas. Construa a emoção, navegando algumas fotos do seu destino na Internet. Imagine plantar seus próprios pés nesses lugares magníficos e contar sua façanha para seus amigos.

No entanto, é melhor esperar os diferentes obstáculos que você pode encontrar. Pense em você como um conquistador e concentre-se no seu objetivo final – alcançar o ápice.

Consiga um Físico Equipado
Além das engrenagens externas, um corpo em forma é o mais importante no trekking em montanhas. Prepare-se para a subida aumentando sua resistência e fortalecendo seus músculos.

Aqui estão alguns exercícios que você pode fazer na academia para se preparar para a conquista.
1. Trek the treadmill. Exercícios cardiovasculares são necessários para continuar andando sem desprezar a jornada. Lembre-se que você estaria viajando pelo menos 5 quilômetros de terreno irregular por pelo menos 2 horas. O início de uma caminhada é geralmente uma trilha inclinada e isso pode desafiar imediatamente o aventureiro de primeira viagem. Aumente o grau da sua passadeira e incline-a para fortalecer os músculos das pernas usados ​​na escalada. O objetivo é fazer pelo menos cinco treinos de cardio de 30 minutos por semana.

2. Stretch. Prepare-se para torcer e mover-se contra os obstáculos que podem bloquear seu caminho. Torne-se flexível e melhore seu equilíbrio através de exercícios básicos de alongamento. Estique o pescoço, pois um galho de árvore pode obstruir seu espaço de cabeça; estique os braços, pois haveria momentos em que você precisaria pegar uma pedra para se levantar; alongue os tendões, pois você pode plantar os pés em um ponto acima do solo.

3. Levante esses pesos. O haltere geralmente parece uma parte chata do treino, mas fortalecer seus braços é tão importante quanto endurecer as pernas para a subida. Você estaria enfrentando terrenos irregulares e encostas que exigiriam que você se agarrasse a algo para que você pudesse se levantar.

Além disso, braços fortes são necessários para ajudar seu parceiro a montar uma inclinação intensa. Fortalecer sua aderência também é essencial às vezes, quando o equilíbrio só pode ser alcançado quando você usa todos os seus quatro membros. O treinamento para as inclinações varia, dependendo da altura e condições climáticas do seu destino. Se você está escalando o Monte Everest, MT Kinabalu ou Mt. Apo, você definitivamente precisa adicionar exercícios. O nível de oxigênio nessas cimeiras é tão baixo, e isso pode enfraquecer todo o seu sistema.

No entanto, os novatos são aconselhados a escalar montanhas menores de nível 1, como o Monte. Romelo in Fami, Laguna, onde paisagens de tirar o fôlego, formações rochosas e cachoeiras podem ser encontradas no acampamento. Também é melhor se juntar a equipes de alpinistas para que houvesse alpinistas experientes para guiá-lo. Alguns grupos postam subidas convidativas em seus sites enquanto outros anunciam através de cartazes em lojas de equipamentos ao ar livre.

Termos relacionados:

Related Posts:

Sourcehealthylbook.com

Tags: